terça-feira

O Lobisomem




Exibido em: 18/07/10
Comentários:
Nenhum filme de Lobisomem que eu tenha visto, faz jus a criatura. As pessoas caprichão no de vampiros mas lobisomens não. É aquela mesma história água com açúcar sem algo à mais. Acho que poderiam fazer algo melhor. O filme em si é bom mas sempre a mesma coisa.

Ficha Técnica:

título original:The Wolfman
gênero:Suspense
duração:02 hs 05 min
ano de lançamento:2010
site oficial:http://www.thewolfmanmovie.com
estúdio:Universal Pictures / Stuber Productions / Relativity Media
distribuidora:Universal Pictures / UIP
direção: Joe Johnston
roteiro:Andrew Kevin Walker e David Self, baseado em roteiro de Curt Siodmak
produção:Sean Daniel, Benicio Del Toro, Scott Stuber e Rick Yorn
música:Danny Elfman
fotografia:Shelly Johnson
direção de arte:John Dexter, Phil Harvey e Andy Nicholson

Elenco:

Benicio del Toro (Lawrence Talbot)
Emily Blunt (Gwen Conliffe)
Anthony Hopkins (Sir John Talbot)
Cristina Contes (Solana Talbot)
Hugo Weaving (Inspetor Aberline)
Simon Merrells (Ben Talbot)
Art Malik (Singh)
Nicholas Day (Coronel Montford)
Michael Cronin (Dr. Lloyd)
David Sterne (Kirk)
David Schofield (Chefe Nye)
Roger Frost (Reverendo Fisk)
Rob Dixon (Squire Strickland)
Clive Russell (MacQueen)
Geraldine Chaplin (Maleva)
Olga Fedori (Filha de Maleva)
Lorraine Hilton (Sra. Kirk)
Anthony Sher (Dr. Hoenneger)
Mario Marin-Borquez (Lawrence Talbot - jovem)
Asa Butterfield (Ben - jovem)
Gemma Whelan (Criada de Gwen)
Malcolm Scates (Açougueiro)

Sinopse:

O ator Lawrence Talbot (Benicio Del Toro), quando criança, sofreu com a morte de sua mãe e nunca mais voltou a morar com o pai (Anthony Hopkins). Mais de duas décadas depois do ocorrido, ele é chamado por sua futura cunhada Gwen Conliffe (Emily Blunt) para ajudá-la a encontrar o noivo desaparecido. Ao retornar para a casa do pai, Talbot acaba se envolvendo numa investigação sobre violentas mortes que acontecem nas noites de lua cheia, entrando em contato com o seu passado e descobrindo um segredo que mudará para sempre a sua vida. (RC)

Nenhum comentário: