sexta-feira

AVATAR






Exibido em:19/02/2010
Comentários:
Gostei muito dos efeitos. A história lembra muito a da colonização das Américas (uma colonização futurista. Os Na’vis são uma mistura de índios com ETs). O filme é muito bom, não é o "melhor do mundo" como se expeculava. Mas imagino que se eu tivesse visto em 3D tinha me empolgado mais. A imagens digitais do filme são exelentes mas a história é batida, parece Pocahontas. Mas até que é bom ver, a gente sente como era as colonizações.

Ficha Técnica:


Título no Brasil: Avatar
Título Original: Avatar
País de Origem: EUA / Inglaterra
Gênero: Ação
Classificação etária: 12 anos
Tempo de Duração: 166 minutos
Ano de Lançamento: 2009
Estréia no Brasil: 18/12/2009
Site Oficial: http://www.avatarmovie.com
Estúdio/Distrib.: Fox Filmes do Brasil
Direção: James Cameron


Elenco:


Sam Worthington ... Jake Sully
Zoe Saldana ... Neytiri
Sigourney Weaver ... Dr. Grace Augustine
Stephen Lang ... Colonel Miles Quaritch
Joel Moore ... Norm Spellman
Giovanni Ribisi ... Parker Selfridge
Michelle Rodriguez ... Trudy Chacon
Laz Alonso ... Tsu'tey
Wes Studi ... Eytukan
CCH Pounder ... Moat
Dileep Rao ... Dr. Max Patel
Matt Gerald ... Corporal Lyle Wainfleet
Sean Anthony Moran ... Private Fike
Jason Whyte ... Cryo Vault Med Tech
Scott Lawrence ... Venture Star Crew Chief
Kelly Kilgour ... Lock Up Trooper
James Pitt ... Shuttle Pilot
Sean Patrick Murphy ... Shuttle Co-Pilot
Peter Dillon ... Shuttle Crew Chief
Kevin Dorman ... Tractor Operator
Kelson Henderson ... Dragon Gunship Pilot
David Van Horn ... Dragon Gunship Gunner
Jacob Tomuri ... Dragon Gunship Navigator
Michael Blain-Rozgay ... Suit #1
Jon Curry ... Suit #2
Julene Renee ... Ambient Room Tech
Luke Hawker ... Ambient Room Tech
Woody Schultz ... Ambient Room Tech
Peter Mensah ... Horse Clan Leader
Sonia Yee ... Link Room Tech
Ilram Choi ... Basketball Avatar
Kyla Warren ... Na'vi Child
Dean Knowsley ... Samson Pilot
Nikie Zambo ... Na'vi
 
Sinopse:
 

No épico de ação e aventura AVATAR, James Cameron, diretor de Titanic, nos leva a um mundo espetacular, além da nossa imaginação. Na distante lua Pandora, um herói relutante embarca em uma jornada de redenção e descoberta, liderando uma batalha heróica para salvar a civilização. O filme foi idealizado por Cameron há 14 anos, quando ainda não existiam meios para concretizar suas ideias. Agora, após quatro anos do trabalho de produção real, AVATAR nos proporciona uma inovadora experiência de imersão total no cinema, em que a tecnologia revolucionária que foi inventada para realizar o filme se dilui na emoção dos personagens e na história arrebatadora.


A Verdade Nua e Crua





Exibido em: 17/02/2010
Comentários:
Não sou muito fã de Comédia Romântica como já havia dito antes mas as ultimas que vi estão me conquistando, roteiros inteligentes e bem humorados e com personagens diferentes, bem atualizados. Esse tem um roteiro simples, mas a química entre os atores está incrível, o que faz com que o filme seja leve, mesmo esbanjando sexualidade. Gostei muito do personagem do Gerard Butler que me encanta em cada filme dele. Como Ps. Te amo e 300. Bem diferentes desse. Para quem quer se divertir dando altas risadas é recomendado.



Ficha Tecníca:
Título original:The Ugly Truth
Gênero:Comédia Romântica
Duração:01 hs 36 min
Ano de lançamento:2009
Site oficial:http://www.theuglytruth-movie.com/
Estúdio:Lakeshore Entertainment / Relativity Media
Distribuidora:Columbia Pictures
Direção: Robert Luketic
Roteiro:Nicole Eastman, Karen McCullah Lutz e Kirsten Smith, baseado em estória de Nicole Eastman
Produção:Kimberly di Bonaventura, Gary Lucchesi, Deborah Jelin Newmyer, Steven Reuther, Tom Rosenberg e Kirsten Smith
música:Aaron Zigman
Fotografia:Russell Carpenter


Elenco:


Katherine Heigl (Abby Richter)
Gerard Butler (Mike Chadway)
Bree Turner (Joy)
Eric Winter (Colin)
Nick Searcy (Stuart)
Jesse D. Goins (Cliff)
Cheryl Hines (Georgia)
John Michael Higgins (Larry)
Noah Matthews (Jonah)
Bonnie Somerville (Elizabeth)
John Sloman (Bob)
Yvette Nicole Brown (Dori)
Nathan Corddry (Josh)
Allen Maldonado (Duane)
Steve Little (Steve)
Dan Callahan (Rick)
Tess Parker (Bambi)
Arielle Vandenberg (Candi)
Kevin Connolly (Jim)

Sinopse:


Abby Richter (Katherine Heigl) é produtora de um programa de televisão competente e conservadora. Com os indíces de audiência caindo, seu chefe tem a ideia de contratar da concorrência Mike Chadway (Gerard Butler) do programa "A Verdade Nua e Crua". Assim, de um hora para outra, a controladora e eterna romântica Abby se vê obrigada a aceitar como colaborador um cara machista, grosseiro e "especialista" em revelar o que - realmente - atrai os homens nas mulheres. Com as relações amorosas em baixa, ela recorre aos "serviços do consultor" para conquistar o vizinho e o resultado obtido acabou sendo além do esperado. (RC)

Quatro Casamentos e um Funeral



Exibido em: 16/02/2010
Comentários:
O filme mostra de forma leve e divertida as peripécias de um solteirão por convicção, que descobre em uma paixão quase platônica o único motivo para querer estar realmente com alguém. Com Hugh Grant, que ficou famoso depois deste filme. E Mike Newell o mesmo diretor de Harry Potter e o Cálice de Fogo e Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo que estréia esse ano. Uma romântica e linda trilha sonora.

Ficha Tecnica:
Titulo Original: (Four Weddings and a Funeral, 1994)

Direção: Mike Newell
Gênero: Comédia/Drama/Romance
Origem: Estados Unidos/Inglaterra
Duração: 117 minutos

Elenco:


Hugh Grant (Charles)
James Fleet (Tom)
Simon Callow (Gareth)
John Hannah (Matthew)
Kristin Scott Thomas (Fiona)
David Bower (David)
Charlotte Coleman (Scarlett)
Andie MacDowell (Carrie)
Timothy Walker (Angus)
Sara Crowe (Laura)
Ronald Herdman (Vicar)
Elspet Gray (Mãe de Laura)
Philip Voss (Pai de Laura)
Rowan Atkinson (Padre Gerald)


Sinopse:
 
Charles (Hugh Grant) é um solteirão que nunca quis nada sério com ninguém, até conhecer uma envolvente mulher, por quem se apaixona. Sua complicada situação de assumir relacionamentos pode mudar depois de três outros casamentos e um funeral, que dão título ao longa. Indicado ao Oscar de Melhor Filme e Roteiro Original.
 

UP Altas Aventuras




Exibido em: 09/02/2010
Comentários:
Uma divertida animação, como sempre a Pixar faz algo de qualidade. Sou suspeita para falar porque gosto muito dos trabalhos deles. Claro que tem uns que são mais espetaculares como Wall-e mas Up, é também uma bela história e tem cores fantásticas. Gostei muito.

Ficha Técnica:


Título no Brasil: Up – Altas Aventuras
Título Original: Up
País de Origem: EUA
Gênero: Animação
Classificação etária: Livre
Tempo de Duração: 96 minutos
Ano de Lançamento: 2009
Estréia no Brasil: 04/09/2009
Site Oficial:
Estúdio/Distrib.: Buena Vista Pictures
Direção: Pete Docter / Bob Peterson


Elenco:


Edward Asner ... Carl Fredricksen (voz)
Christopher Plummer ... Charles Muntz (voz)
Jordan Nagai ... Russell (voz)
Bob Peterson ... Dug / Alpha (voz)
Delroy Lindo ... Beta (voz)
Jerome Ranft ... Gamma (voz)
John Ratzenberger ... Construction Foreman Tom (voz)
David Kaye ... Newsreel Announcer (voz)
Elie Docter ... Ellie (voz)
Jeremy Leary ... Carl (voz)
Mickie McGowan ... Police Officer Edith (voz)
Danny Mann ... Construction Worker Steve (voz)
Donald Fullilove ... Nurse George (voz)
Jess Harnell ... Nurse AJ (voz)
Josh Cooley ... Omega (voz)
Pete Docter ... Campmaster Strauch (voz)


Sinopse:


Da equipe indicada ao prêmio da Academia® formada pelo diretor Pete Docter (Monstros S.A.) e pelo co-diretor Bob Peterson chega Up, uma aventura cômica que decola (e eleva o astral) no verão norte-americano de 2009. Carl Fredricksen passou a vida toda sonhando em explorar o planeta e em aproveitar a vida ao máximo. Mas aos 78 anos de idade, parece que a vida o ignorou, até que uma reviravolta do destino (e um persistente Explorador de Terras Selvagens de 8 anos, chamado Russell) dá um novo sentido para sua vida. Up leva o público em uma emocionante aventura na qual a dupla improvável enfrenta uma região remota, vilões inesperados e animais selvagens. Quando à procura de aventura no próximo verão - olhe Up.


O Mundo Imaginário do Dr. Panassus



Exibido em: 08/02/2010
Comentários:
A fotografia do filme e a história são muito lindas. Fiquei curiosa quando vi o trailer há muito tempo. Para quem gosta de fantasia é perfeito. Lembra um pouco As Sete Faces do Doutor Lao... O filme é de Terry Gilliam. O único estadunidense a fazer parte do grupo cômico Monty Python. Outra curiosidade do filme é que Heath Ledger, incessantemente elogiado a cada nova cena que surgia da sua interpretação do Coringa em Batman - O Cavaleiro das Trevas, a ser lançado no meio daquele ano. O ator morreu em Nova York, deixando órfã sua pequena filha Matilda e sem rumo os amigos com quem ele filmava. Gilliam quase teve de fechar as portas de sua produção de novo. E foi aí que entraram os amigos Johnny Depp, Jude Law e Colin Farrel, que deram um passo à frente e se ofereceram para terminar o papel que o australiano interpretava.

Recomendo o filme e gostaria de tê-lo visto no cinema

.



Ficha Técnica:

título original:The Imaginarium of Dr. Parnassus
gênero:Aventura
duração:02 hs 02 min
ano de lançamento:2009
site oficial:http://www.theimaginariumofdoctorparnassusmovie.com/
estúdio:Davis-Films / Parnassus Productions / Poo Poo Pictures / Grosvenor Park Productions / Infinity Features Entertainment
distribuidora:Sony Pictures Classics
direção: Terry Gilliam
roteiro:Charles McKeown e Terry Gilliam
produção:Amy Gilliam, Samuel Hadida, Terry Gilliam e William Vince
música:Jeff Danna e Mychael Danna
fotografia:Nicola Pecorini
direção de arte:Dan Hermansen e Denis Schnegg
figurino:Monique Prudhomme
edição:Mick Audsley
efeitos especiais:FB-FX / Matte Painting / Peerless Camera Company

Elenco:


Heath Ledger (Tony)
Johnny Depp (Tony - 1ª transformação)
Jude Law (Tony - 2ª transformação)
Colin Farrell (Tony - 3ª transformação)
Christopher Plummer (Dr. Parnassus)
Lily Cole (Valentina)
Tom Waits (Sr. Nick)
Verne Troyer (Percy)
Andrew Garfield (Anton)
Paloma Faith (Sally)
Carrie Genzel (Jornalista)
Ryan Grantham (Anton - pequeno)
Sinopse:


O Dr. Parnassus (Christopher Plummer) tem o dom de inspirar a imaginação das pessoas. Dono de uma companhia de teatro itinerante, ele conta com a ajuda de seu assistente Percy (Verne Troyer) e do mágico Anton (Andrew Garfield) para oferecer ao público a chance de transcender a realidade e entrar em um universo sem limites, o qual pode ser alcançado ao atravessar um espelho mágico. Tony (Heath Ledger) foi encontrado pela trupe dependurado em uma ponte, à beira da morte. Após ser salvo, ele passa a integrar a equipe, como forma de escapar de seu passado. Em uma tentativa de modernizar o show, ele termina por conhecer o novo mundo oferecido por Parnassus e passa por diversas transformações no decorrer de sua viagem. Só que esta mágica tem um preço e ele está perto de ser cobrado ao dr. Parnassus: sua preciosa filha Valentina (Lily Cole).

 

terça-feira

Moon





"Ground control to major Tom, take your protein pills and put your helmet on."

"Ground control to major Tom, commencing countdown engines on…"


Abria assim David Bowie o seu álbum de 1969, ‘Space Oddity’, sobre um astronauta deprimido no espaço. Em 2009, o seu filho, Duncan (Zowie) Jones, estreia no cinema filmando a sua própria visão de uma odisseia no espaço. Perdoem-me os clichés, mas depois da espera, da antecipação e interesse perante Moon, pode-se dizer que o filme está bem ao nível das expectativas criadas.

Mais do que um filme de ficção-científica, ou até de uma visão pensativa e desconcertante de um futuro muito próximo, Moon é um filme inteligente, que consegue injetar um interessante e intrigante relato humano neste ambiente futurista, concentrando-se totalmente na sua história. Um retrato de um simples trabalhador no espaço (Sam Rockwell), onde a sua única companhia é Gerty (voz de Kevin Spacey) um robô de controle (e muito anti HAL), atencioso, amigo e preocupado, apesar de algumas cenas fazerem mesmo lembrar o mítico e intenso robô de 2001: Uma Odisseia no Espaço.

Para Sam Bell as suas plantas e a sua maquete (que perdeu horas e horas construindo) são as suas únicas distrações, assim como mensagens gravadas da terra. A 2 semanas de acabar o seu contrato de 3 anos, Sam sofre um acidente que dá origem a um estranho acontecimento onde começa a duvidar da sua insanidade e até mesmo da sua existencialidade. Sam tem apenas um desejo: de voltar pra casa, para junto da sua mulher e da sua filha de 2 anos, que viu crescer apenas por videos enviados da terra.


Moon é nada mais do que um drama humano, uma história de amor e coragem a si próprio.

A interpretação de Sam Rockwell vale o filme, tanto emocionalmente como fisicamente. Ele é dinâmico, multi facetado, ele é a grande atração do filme. O empenho do ator é notável, mais que isso, ele respira o personagem de Sam Bell. Apenas quem anda distraído não sabe as potencialidades deste ator, e, no entanto, voltamos à mesma história: nunca foi nomeado para o Oscar apesar dos mais variados filmes como Choke – Asfixia, Amigos do Alheio, Confissões de uma Mente Perigosa e À Procura de um Milagre, só para enumerar alguns.

Os outros grandes destaques vão para a fotografia de Gary Shaw, que é de um realismo impressionante. E os efeitos especiais filmados com modelos em miniatura (num presente onde o CGI reina). ‘Muito’ não significa ‘melhor’, e Moon é um perfeito exemplo disso. De salientar também a trilha sonora de Clint Mansell que ajuda para a lenta progressão do ambiente do filme, a isto tudo juntar-se uma realização convicta e inspirada.

Longe dos atuais blockbusters do genero e apesar das suas pesadas e notáveis influências, Moon nem precisava ser rotulado como uma aproximação aos filmes de ficção-cientifica dos anos 70/80, porque ele é de fato um excelente filme em qualquer década. Melhor que isso, é um filme que certamente irá crescer pelos anos fora. Obra prima? Isso só o tempo dirá…

"I’m the original Sam Bell! I’m Sam fucking Bell!"


Ricardo de Souza

Pandorum




Ficha Técnica:

Exibido em: 09/02/2010
Comentários:
Achei um bom filme mas estou um pouco saturada de filmes com a terra acabando. sei que está na moda, mas esse é o problema. Porque acaba enjoando. Achei estilo Alien e essa parte é boa.

Título no Brasil: Pandorum
Título Original: Pandorum
País de Origem: EUA / Alemanha
Gênero: Terror
Classificação etária: 14 anos
Tempo de Duração: 108 minutos
Ano de Lançamento: 2009
Estréia no Brasil: 26/02/2010
Site Oficial:
Estúdio/Distrib.: Imagem Filmes
Direção: Christian Alvart

Elenco


Dennis Quaid ... Payton
Ben Foster ... Bower
Cam Gigandet ... Gallo
Antje Traue ... Nadia
Cung Le ... Manh
Eddie Rouse ... Leland
Norman Reedus ... Shepard
André Hennicke ... Hunter Leader
Friederike Kempter ... Evalon
Niels-Bruno Schmidt ... Insane Officer 'Eden'
Asia Luna Mohmand ... Child Hunter
Delphine Chuillot ... Bower's Mother
Wotan Wilke Möhring ... Bower's Father
Julian Rappe ... Bower
Domenico D'Ambrosio ... Wounded Officer 'Eden'
Jon Foster ... Big Russian Passenger
Jeff Burrell ... Trapped Officer 'Eden'
Neelesha BaVora ... Female Crew Officer
Yangzom Brauen ... 2nd Lieutenant (Team 4)
Marco Albrecht ... Hunter Weasel
Dawid Szatarski ... Hunter Shape
Nico Marquardt ... Hunter Brute
David P. Johnson ... Cooper



Sinopse:

Em 500 anos a humanidade estará migrando do Planeta Terra pois ele estará morrendo. É quando dois homens acordam em uma nave espacial. Sem saber onde estão, o que estão fazendo lá e quanto tempo se passou uma sensação imediata de vazio é substituida pelo medo que logo se tornará em algo inimaginável. Com as poucas lembranças de fatos passados nas suas vidas eles terão que lutar pela sobrevivência de toda a raça humana.

quarta-feira

Watchmen



Exibido em:
Comentários:
Baseado nos quadrinhos do mesmo nome. O filme é fiel a história com toques do cinema para que haja desenvolvimento. Adorei.

Ficha Técnica:
Título no Brasil:  Watchmen - O Filme
Título Original:  Watchmen
País de Origem:  Inglaterra / EUA
Gênero:  Ação
Classificação etária: 18 anos
Tempo de Duração: 163 minutos
Ano de Lançamento:  2009
Estréia no Brasil: 06/03/2009
Site Oficial:  http://watchmenmovie.warnerbros.com
Estúdio/Distrib.:  Paramount Pictures Brasil
Direção:  Zack Snyder

Elenco:
Malin Akerman ... Laurie Jupiter / Silk Spectre II
Billy Crudup ... Dr. Manhattan / Jon Osterman
Matthew Goode ... Adrian Veidt / Ozymandias
Jackie Earle Haley ... Walter Kovacs / Rorschach
Jeffrey Dean Morgan ... Edward Blake / The Comedian
Patrick Wilson ... Dan Dreiberg / Nite Owl II
Carla Gugino ... Sally Jupiter / Silk Spectre
Matt Frewer ... Edgar Jacobi / Moloch the Mystic
Stephen McHattie ... Hollis Mason / Nite Owl
Laura Mennell ... Janey Slater
Rob LaBelle ... Wally Weaver
Gary Houston ... John McLaughlin
James M. Connor ... Pat Buchanan
Mary Ann Burger ... Eleanor Clift
John Shaw ... Doug Roth
Robert Wisden ... Richard Nixon
Jerry Wasserman ... Detective Fine

Sinopse:
Ambientado numa realidade fictícia norte-americana nos anos 80, um grupo de super-heróis aposentados começa a ter sua vida ameaçada. Rorschach (Jackie Earle Haley), detetive que usa uma máscara desfigurada, e o Coruja (Patrick Wilson) passam a investigar a identidade do vilão antes que suas próprias vidas corram perigo.

Coraline

 



Exibido me:
Comentários:
Uma linda animação baseada em é uma novela fantástica de terror do autor britânico Neil Gaiman, publicado em 2002 pela Bloomsbury, no Reino Unido e pela Harper Collins.

Ficha tecnica:

Direção: Henry Selick
Roteiro: Henry Selick
Elenco: Teri Hatcher (Mãe de Coraline – voz), Dakota Fanning (Coraline – voz), Ian McShane (Sr. Bobinski – voz), Keith David (Gato – voz), Jennifer Saunders (Sra. Forcible – voz), Dawn French (Sra. Spink – voz), John Hodgman (Pai de Coraline – voz)

Sinopse:
Baseado no livro de Neil Gaiman, Coraline conta a história de uma menina (Dakota Fanning) que encontra uma porta secreta em sua nova casa, e descobre um mundo paralelo. À primeira vista, este mundo se parece bastante com a sua vida real, com a diferença de que é muito melhor. Porém, quando essa fantástica aventura começa a ficar perigosa e seus novos pais tentam mantê-la presa para sempre na nova realidade, Coraline contará apenas com sua determinação e coragem para voltar para casa e salvar a própria família.O elenco de dubladores conta com nomes como Dakota Fanning (Coraline), além de Teri Hatcher e Ian McShane. Com direção de Henry Selick, o filme mostra a história de Coraline, uma menina que se muda com sua família para uma enorme casa. Explorando as inúmeras portas do local, a menina acaba abrindo uma que dá para outra casa, em outro mundo, cujos habitantes querem mantê-la presa, como sua filha.

terça-feira

A lista dos indicados para o Oscar 2010 nas principais categorias:

Melhor Filme

Avatar
Distrito 9
Guerra ao Terror
Bastardos Inglórios
Amor sem Escalas

Melhor Diretor

Kathryn Bigelow (Guerra ao Terror)
James Cameron (Avatar)
Jason Reitman (Amor Sem Escalas)
Quentin Tarantino (Bastardos Inglórios)
Lee Daniels (Preciosa)

Melhor Ator

Jeff Bridges (Crazy Heart)
Morgan Freeman (Invictus)
Matt Damon (O Desinformante)
Jeremy Renner (Guerra ao Terror)
George Clooney (Amor Sem Escalas)
Colin Firth (Direito de Amar)

Melhor Atriz

Sandra Bullock (Um Sonho Possível)
Meryl Streep (Julie & Julia)
Carey Mulligan (Uma Educação)
Helen Mirren (The Last Station)
Gaboury Sidibe (Preciosa)

Melhor Ator Coadjuvante

Christoph Waltz (Bastardos Inglórios)
Woody Harrelson (O Mensageiro)
Matt Damon (Invictus)
Stanley Tucci (Um Olhar do Paraíso)
Christopher Plummer (The Last Station)

Melhor Atriz Coadjuvante

Mo’Nique (Preciosa)
Anna Kendrick (Amor Sem Escalas)
Vera Farmiga (Amor Sem Escalas)
Maggie Gyllenhaal (Crazy Heart)
Penelope Cruz (Nine)

Melhor Roteiro Original

Quentin Tarantino (Bastardos Inglórios)
Mark Boal (Guerra ao Terror)
Joel e Ethan Coen (Um Homem Sério)
Alessandro Camon e Oren Moveman (O Mensageiro)
Bob Peterson e Pete Docter (Up - Altas Aventuras)

Melhor Roteiro Adaptado

Jason Reitman e Sheldon Turner (Amor Sem Escalas)
Neill Blomkamp (Distrito 9)
Nick Hornby (Uma Educação)
Geoffrey Fletcher (Preciosa)
Jesse Armstrong, Samon Blackwell, Armando Iannucci e Tony Roche (In the Loop)

A cerimônia de entrega das estatuetas está marcada para o dia 7 de março.