quarta-feira

Presságio


























Exibido em: 29/07/09
Comentários:
Até que achei que fosse um filme cheio de suspence, mas eles conseguem estragar a história no fim, pelo menos para mim. Começa bem o filme, mas vai perdendo a mão. Não gostei do final. Quem assistir e discordar de mim, por favor comente aqui e que concordar também.

Ficha Técnica
Título Original: Knowing
Gênero: Suspense
Tempo de Duração: 122 minutos
Ano de Lançamento (EUA / Austrália): 2009
Site Oficial: www.knowing-themovie.com
Estúdio: Summit Entertainment / Wintergreen Productions / Kaplan/Perrone Entertainment / Escape Artists / Mystery Clock Cinema / Goldcrest Pictures
Distribuição: Summit Entertainment / Paris Filmes
Direção: Alex Proyas
Roteiro: Stuart Hazeldine, Ryne Douglas Pearson, Stiles White e Juliet Snowden, baseado em adaptação de Alex Proyas e em estória de Ryne Douglas Pearson
Produção: Todd Black, Jason Blumenthal, Steve Tisch e Alex Proyas
Música: Marco Beltrami
Fotografia: Simon Duggan
Desenho de Produção: Steven Jones-Evans
Direção de Arte: Sam Lennox
Figurino: Terry Ryan
Edição: Richard Learoyd
Efeitos Especiais: Postmodern


Elenco
Nicolas Cage (John Koestler)
Chandler Canterbury (Caleb Koestler)
Rose Byrne (Diana Wayland)
Lara Robinson (Lucinda Embry / Abby Wayland)
Nadia Townsend (Grace Koestler)
Alan Hopgood (Reverendo Koestler)
Adrienne Pickering (Allison)
Ben Mendelsohn (Phil Beckman)
Joshua Long (Caleb Koestler - jovem)
Danielle Carter (Srta. Taylor - 1959)
Alethea McGrath (Srta. Taylor - 2009)
David Lennie (Diretor Clark)
Taara Donnellan (Mãe de Lucinda)
Travis Waite (Pai de Lucinda)
D.G. Maloney (Estranho)



Sinopse
1959. Um grupo de alunos faz alguns desenhos sobre como imaginam que será o futuro. Eles serão guardados em uma cápsula do tempo, que apenas será aberta daqui a 50 anos. Um deles, feito por uma garota, traz uma série de números aleatórios, que ela alega terem sido ditos por alguém que não vê. Meio século depois a cápsula é aberta e este desenho chega às mãos de Caleb Koestler (Chandler Canterbury). O pai dele, o professor de astrofísica John Koestler (Nicolas Cage), percebe que trata-se de uma mensagem codificada que prediz as datas e os números de mortos de cada uma das grandes tragédias ocorridas nos últimos 50 anos. John passa a investigar melhor o desenho e descobre que ele prevê mais três catástrofes ainda não ocorridas, a última delas de proporções globais.








terça-feira

O Vidente

























Exibido em: 28/07/09
Comentário:
Um filme de ação comum, mas o que me chamou atenção foi o fato de usar o futuro para resolver a situação. Mas o que eu realmente gostei foi da frase no começo do filme. “O lance com o futuro é o seguinte: Toda vez que você olha o futuro ele muda porque você olhou. E isso muda todo o resto”. Só essa frase pagou o filme. Para que joga tarot e consulta oraculos, é realmente isso mesmo. Podemos olhar o futuro, mas essa atitude muda todo resto. Para quem não viu o filme, recomendo.

Ficha Técnica
Título Original: Next
Gênero: Ficção Científica
Tempo de Duração: 96 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 2007
Site Oficial: www.nextmovie.com
Estúdio: Revolution Studios / Initial Entertainment Group / Virtual Studios / Saturn Films / Eyetronics USA
Distribuição: Paramount Pictures / UIP
Direção: Lee Tamahori
Roteiro: Gary Goldman, Jonathan Hensleigh e Paul Bernbaum, baseado em estória de Gary Goldman e em livro de Philip K. Dick
Produção: Nicolas Cage, Todd Garner, Norman Golightly, Graham King e Arne Schmidt
Música: Mark Isham
Fotografia: David Tattersall
Desenho de Produção: William Sandell
Direção de Arte: Kevin Ishioka
Figurino: Sanja Milkovic Hays
Edição: Christian Wagner
Efeitos Especiais: Industrial Light & Magic / LOOK! Effects / Tweak Films / Cinema Production Services / Digital Dream / Comen VFX


Elenco
Nicolas Cage (Cris Johnson)
Julianne Moore (Agente Callie Ferris)
Jessica Biel (Elizabeth "Liz" Cooper)
Thomas Kretschmann (Sr. Smith)
Troy Kittles (Agente Cavanaugh)
José Zúñiga (Chefe de segurança Roybal)
Jim Beaver (Diretor Eric Wisdom)
Jason Butler Harner (Jeff Baines)
Michael Trucco (Kendal)
Enzo Cilenti (Sr. Jones)
Laetitia Danielle (Srta. Brown)
Nicolas Pajon (Sr. Green)
Sergej Trifunovic (Sr. White)
Charles Chun (Davis)



Sinopse
Cris Johnson (Nicolas Cage) é um mágico de Las Vegas que possui o dom de prever alguns minutos do futuro próximo. Esta habilidade o ajuda em seu trabalho e também nas mesas de blackjack dos cassinos, onde consegue uma boa quantia. Os guardas da segurança de um cassino estão de olho nele, tentando descobrir qual é o truque que Cris usa com as cartas e que lhe dá tanta sorte. Paralelamente a agente Callie Ferris (Julianne Moore) o procura para que a ajude a impedir um ataque terrorista em Los Angeles. Porém à medida que o tempo passa a ameaça de uma explosão nuclear torna-se mais real, fazendo com que Cris seja a peça-chave para impedir que uma tragédia ocorra.




O 19º Cine Ceara – Festival Ibero-Americano de Cinema





















Como meu blog é sobre cinema, tenho que falar do festival de cinema que ocorre na minha terra. O 19º Cine Ceara – Festival Ibero-Americano de Cinema, que começou dia 28 de julho e vai até dia 04 de agosto de 2009.

PROGRAMAÇÃO
19° Cine CearáFestival Ibero-americano de Cinema. Fortaleza-Ceará-28/07 a 04/08/2009.*Esta programação está sujeita a modificações 28 julho - terça-feira
ATRAÇÃO CULTURAL
- Praça do Ferreira - Centro. O Cangaço é nossa eterna paixão – Arraiá Zé Testinha19h30
CERIMÔNIA DE ABERTURA
- 19º Cine Ceará - Centro Cultural Sesc Luiz Severiano Ribeiro. Entrega do certificado de conclusão dos 10 alunos do Curso de Animação – parceria da Casa Amarela Eusélio Oliveira e COELCE. Exibição Especial - Institucional Projeto Cine Coelce, e o Curta O Som da Floresta (direção coletiva, vídeo, 4', cor, 2009) – orientação Telmo Carvalho.20h
EXIBIÇÃO ESPECIAL:
Che parte 2 -A Guerrilha (Steven Soderbergh, EUA, 2008, Ficção, 131')



A maratona de cinema começa. Logo mais, às 20 horas, tem início a 19ª do Cine Ceará –Festival Ibero-Americano de Cinema e Vídeo. De hoje até a próxima terça-feira, 4 de agosto, mais de três dezenas de longas e curtas-metragens são projetados nas salas do Centro Cultural Sesc Luiz Severiano Ribeiro, Espaço Unibanco Dragão do Mar e Casa Amarela Eusélio Oliveira. As credenciais que dão acesso a toda programação do festival podem ser trocadas por um quilo de alimento não-perecível nos shoppings Benfica e North Shopping, Centro Dragão do Mar e nos pontos de exibição.

Este ano, o Cine Ceará homenageia o guerrilheiro Ernesto Che Guevara, morto em 1967 nas selvas bolivianas, e o animador cubano Juan Padrón. Presente à mostra, Padrón fala sobre o panorama da animação na América Latina. Além disso, seus filmes podem ser vistos em mostra especial. Che também ganha mostra: Olhares no tempo apresenta 13 produções. De modo diverso, elas iluminam aspectos diferentes da vida do combatente argentino. Segundo Wolney Oliveira, as mostras são motivadas também por uma efeméride: os 50 anos do Instituto Cubano de Arte e Indústria Cinematográfica. Daí o acento cubano desta edição.

Dos longas, destaque para a estreia da segunda parte da cinebiografia sobre Che dirigida por Steven Soderbergh. Che, a guerrilha dá sequência à aventura do romântico militante, que morre na Bolívia acuado pelas forças policiais. No Cine Ceará estreia também À deriva, do cineasta Heitor Dhalia. Entre os curtas, Superbarroco, de Renata Pinheiro; A montanha mágica, do cearense Petrus Cariry; e Os sapatos de Aristeu, do paulista de René Guerra.

Além das mostras principais de longas e curtas-metragens, a programação do Cine Ceará também é integrada pelas mostras paralelas Fortaleza Verde Imagem, Mostra Ibero-Americana de Cinema de Animação, Olhar do Ceará e Terceira Idade.

Vale a pena conferir.

http://www.cineceara.com.br/2009/index.php


segunda-feira

Meu Vizinho Totoro
























Exibido em: 27/07/09
Comentários:
Achei muito fofo a animação, Meu Vizinho Totoro. Tem direção e roteiro de Hayao Miyazaki. Que também fez Princesa Mononoke, Viagem de Chihiro e Castelo Animado. Gostei muito de todos dele que vi, e acho que o Meu Vizinho Totoro tem a mesma magia dos outras animações dele. Vale a pena demais ver.

Ficha Tecnica:
Titulo original:(Tonari no Totoro, 1988)
Direção: Hayao Miyazaki
Roteiro: Hayao Miyazaki, Cindy Davis Hewitt
Gênero: Animação/Aventura/Fantasia
Origem: Estados Unidos/Japão
Duração: 86 minutos
Tipo: Longa-metragem


Elenco:
- Ator/Atriz Personagem
- Noriko Hidaka Satsuki (voz)
- Chika Sakamoto Mei (voz)
- Shigesato Itoi Tatsuo Kusakabe (voz)
- Sumi Shimamoto Yasuko Kusakabe (voz)
- Tanie Kitabayashi Kanta no obâsan (voz)
- Hitoshi Takagi Totoro (voz)
- Yûko Maruyama Kanta no okâsan (voz)
- Machiko Washio Professor (voz)

Sinopse:
Duas meninas se mudam com seu pai para o interior do Japão, com o objetivo de ficar perto da mãe (que está internada em um hospital). Lá, elas viverão muitas aventuras ao lado do espírito protetor da floresta Totoro, que na verdade chama-se Torōru (do inglês troll), mas a caçula Mei não consegue pronunciar este nome. Ele vive próximo da nova casa, em uma cânfora gigante. Inicialmente, apenas Mei pode vê-lo, depois a mais velha Satsuki também tem sua chance de o encontrar. Seu pai divide o tempo entre dar aulas na faculdade e cuidar de sua mulher doente. Quando Mei tenta visitar a mãe por conta própria, se perde na floresta, e só o grande e fofo Totoro pode ajudar a menina a achar o caminho de volta para casa.



Curiosidade:

Há 20 anos atras foi lançado Meu vizinho Totoro ( Tonari no Totoro ) que bate recordes de vendas até hoje. Segunda animação da história do Studio Ghibli que se contarmos Nausicaä seria o terceiro.

O sucesso de Nausicaä e o nascimento do Studio Ghibli
Em 1982, enquanto trabalhava em seus filmes, Miyazaki escreveu e desenhou o mangá Kaze no tani no Naushika, mais conhecido internacionalmente como Nausicaä of the Valley of the Wind. Utilizando alguns elementos que são considerados sua marca registrada em outros animados - o gosto pela aviação, ecologia e suas consequências e a ausência de um vilão da maneira como conhecemos - o mangá foi um grande sucesso, o que levou o diretor a preparar a versão animada de sua própria série de quadrinhos japoneses. Produzido por Isao Takahata e animado pela produtora Topcraft, o anime, lançado em 1984, foi um sucesso tão grande que deu forças a Hayao e Takahata abrir seu próprio estúdio de animação: o Estúdio Ghibli (Sutajio Jiburi), no bairro Suginami, em Tóquio. O sucesso de Nausicaä veio em um momento delicado da vida de Miyazaki: em 1983, um ano antes do lançamento do anime, a mãe de Miyazaki falecera, aos 71 anos. A partir daí, Miyazaki começou a se dedicar a escrever e dirigir longas-metragens, e o sucesso alcançado com Nausicaä só se fazia aumentar: Laputa: Castle in The Sky (Tenkû no shiro Rapyuta, 1986) foi a primeira produção do estúdio, seguido por Meu Vizinho Totoro (Tonari no Totoro, 1988), Kiki's Delivery Service (Majo no takkyûbin, 1989), Porco Rosso (Kurenai no buta, 1992) e On Your Mark (1995). Vale notar que Miyazaki continuou escrevendo e desenhando o mangá de Nausicaä durante 12 anos! Ele terminou a série apenas em 1994.










sexta-feira

Harry Potter e o Enigma do Príncipe























Exibido em:22/07/09
Cometários:
Achei o filme em questão de qualidade, igual aos outros, mas cheio de pulos nas cenas, uma hora o pernonagem estava fazendo uma coisa em outra já estava na sala do Dumbledore. Tem muita coisa que fugiu do livro, como a cena da casa dos Weasleys queimando. Fiquei na epoca imaginando como seria a cena de Harry e Dumbledore no esconderijo Voldemort. Gostei disso. Gostei do filme, não amei mas gostei.

Ficha Tecnica:
Título Original: (Harry Potter and the Half-Blood Prince, Inglaterra, EUA, 2009)
Títulos Alternativos: HP and the HBP / HP6 / Harry Potter and the Half-Blood Prince: An IMAX 3D Experience / The Half-Blood Prince
Gênero: Aventura, Drama, Fantasia, mais...
Duração: 140 min.
Tipo: Longa-metragem / Colorido
Distribuidora(s): Warner Bros.
Produtora(s): Warner Bros. Pictures, Heyday Films
Diretor(es): David Yates
Roteirista(s): Steve Kloves, J.K. Rowling


Elenco:
Harry Potter - Daniel Radcliffe
Rony Weasley - Rupert Grint
Hermione Granger - Emma Watson
Gina Weasley - Bonnie Wright
Draco Malfoy - Tom Felton
Alvo Dumbledore - Michael Gambon
Minerva McGonagall - Maggie Smith
Rúbeo Hagrid - Robbie Coltrane
Severo Snape - Alan Rickman
Horácio Slughorn - Jim Broadbent
Argo Filch - David Bradley
Fílio Flitwick - Warwick Davis
Madame Pomfrey - Gemma Jones
Ninfadora Tonks - Natalia Tena
Remo Lupin - David Thewlis
Arthur Weasley - Mark Williams
Molly Weasley - Julie Walters
Fred Weasley - James Phelps
Jorge Weasley - Oliver Phelps
Belatriz Lestrange - Helena Bonham Carter
Narcisa Malfoy - Helen McCrory
Fenrir Greyback - Dave Legeno
Amico Carrow - Ralph Ineson
Aleto Carrow - Suzanne Toase
Yaxley John- paul Castrianni
Thor Rowle - Rod Hunt
Rabicho - Timothy Spall

Sinopse:
Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Lorde Voldemort ameaça tanto o mundo dos Trouxas quanto o mundo dos bruxos, e Hogwarts já não é o local seguro de outrora. Harry suspeita que o perigo esteja dentro do castelo, mas Dumbledore está mais preocupado em preparar o bruxo para a batalha final que se aproxima rapidamente. Juntos, eles trabalham para superar as defesas de Voldemort. Para isso, Dumbledore recruta o velho amigo e colega, Professor Horácio Slughorn, um inocente bon vivant com bons contatos no mundo da magia, pois acredita que ele possui informações cruciais.

Enquanto isso, os estudantes estão sob ataque de um tipo diferente de inimigo, já que os hormônios adolescentes se espalham pelo castelo. Harry se vê cada vez mais interessado em Gina, assim como Dino Thomas. E Lilá Brown decide que Rony é o namorado ideal, mas não esperava que os chocolates de Romilda Vane atrapalhassem seus planos! Já Hermione é tomada pelo ciúme, mas está decidida a não mostrar seus sentimentos. Romances surgem, mas um estudante segue isolado. Ele está determinado a deixar sua marca, mesmo que ela seja sinistra. O amor está no ar, mas a trágedia está no caminho, e Hogwarts pode nunca mais ser a mesma.


Curiosidades:
» Em uma decisão bastante controversa, a Warner Bros adiou 'Harry Potter e o Enigma do Príncipe' de 21 de Novembro para 17 de julho de 2009.

» Segundo filme da série dirigido por David Yates. O anterior foi 'Harry Potter e a Ordem da Fênix'. Ele também dirige os dois últimos.

» Guillermo del Toro foi convidado para dirigir, mas recusou por estar envolvido com 'Hellboy 2 - O Exército Dourado'.

» O orçamento do longa foi US$ 200 milhões.

» Naomi Watts foi convidada para viver Narcisa Malfoy, mas teve conflitos de agenda.

» 7 mil candidatas concorreram ao papel de Lilá Brown.

» Robert Knox, intérprete de Marcos Belby, foi assassinado em frente a um bar em 24 de maio de 2008.

» Os equipamentos usados para fazer os personagens voarem nas cenas de quadribol dos outros filmes tiveram de ser redesenhados, sobretudo porque os garotos cresceram.

» Rowan Atkinson (Mr. Bean) e John Malkovich foram considerados para o papel de Lord Voldemort.









quinta-feira

Once





















Apenas Uma Vez, do cineasta irlandês John Carney, é um filme terno e poético, sobre duas criaturas que ao acaso se encontram, nas ruas de Dublin, movidas por uma grande paixão pela música, a qual as faz superar as condições adversas em que vivem de forma a levá-las a ter uma experiência inesquecível.

O filme pode causar estranhamento, num primeiro momento, pelo desleixo formal. Sentimos um choque com a câmera sempre na mão, tremendo ao tentar enquadrar os atores. Porém, assim que nos acostumamos com esse desleixo, reparamos que tem tudo a ver com a proposta do filme.

É a história de um homem desiludido com o amor que canta e toca violão nas ruas para ganhar uns trocados. Um dia ele conhece uma imigrante tcheca que gosta de suas composições e desenvolve com ela uma relação de amizade e companheirismo. O interessante é observar como essa relação despretensiosa vai crescendo junto da colaboração musical entre eles. O entusiasmo com a música que eles estão criando se mistura com um afeto genuíno e recíproco. São dois corações dilacerados, com receio de se entregar a um novo amor. Algumas seqüências parecem verdadeiros videoclipes, pois a música é que comanda as ações dos personagens. O melhor exemplo talvez seja a volta dela para casa, depois da incumbência de colocar letra em uma das melodias compostas por ele. Ela sai de casa para comprar pilhas, pois escreve a letra enquanto ouve a música em um cd player portátil. Ela está parada no balcão da loja, depois sai e volta para casa, enquanto acompanhamos todo o seu trajeto e ouvimos o resultado da composição da dupla na íntegra.

Essa cena é a que melhor exemplifica o poder do filme de colocar-nos lado a lado com as experiências que eles passam na tela, com a câmera sempre os acompanhando de perto (o que justifica certo desleixo), e também a habilidade do diretor em fazer com que torçamos para que a relação deles ultrapasse a barreira que impede a aventura que ambos querem experimentar, mas não têm coragem. Apenas uma Vez é a história de um amor muito forte e bonito que nunca chegou a se consumar.

Ricardo de Souza

sábado

Sim Senhor


























Exibido em: 18/07/09
Comentários:
Adorei o filme, não morri de rir, mas achei muito legal. O Jim Carrey nasceu para fazer filme assim. Vale a pena dar umas boas risadas. algumas cenas são bem engraçadas.

Ficha Técnica
Título Original: Yes Man
Gênero: Comédia
Tempo de Duração: 104 minutos
Ano de Lançamento (EUA / Austrália): 2008
Site Oficial: www.simsenhorofilme.com.br
Estúdio: Warner Bros Pictures / Village Roadshow Pictures / Heyday Films / The Zanuck Company
Distribuição: Warner Bros Pictures
Direção: Peyton Reed
Roteiro: Jarrad Paul, Andrew Mogel e Nicholas Stoller, baseado em livro de Danny Wallace
Produção: Jim Carrey, David Heyman e Richard D. Zanuck
Música: Mark Everett e Lyle Workman
Fotografia: Robert D. Yeoman
Desenho de Produção: Andrew Laws
Direção de Arte: Eric Sundahl
Figurino: Mark Bridges
Edição: Craig Alpert
Efeitos Especiais: LOOK! Effects


Elenco
Jim Carrey (Carl Allen)
Zooey Deschanel (Allison)
Bradley Cooper (Peter)
John Michael Higgins (Nick)
Rhys Darby (Norman)
Danny Masterson (Rooney)
Fionnula Flanagan (Tillie)
Terence Stamp (Terrence Bundley)
Sasha Alexander (Lucy Barnes)
Molly Sims (Stephanie)
Rocky Carroll (Wes)
Sean O'Bryan (Ted)
Patrick Labyorteaux (Marv Winchell)
Jamie Denbo (Esposa de Marv)
Shelby Zemanek (Sophie Winchell)
Luis Guzmán



Sinopse
Após o convite de um amigo, Carl Allen (Jim Carrey) decide ir em um culto de auto-ajuda, que tem por base dizer sim a qualquer coisa que lhe aconteça ou ofereçam. Ao seguir este preceito a vida de Carl começa a mudar, fazendo com que seja promovido e conheça Allison (Zooey Deschanel), por quem se apaixona. Porém ao tentar aproveitar todas as oportunidades que lhe surgem Carl começa a notar que tudo que é em excesso pode também cansar.


Curiosidades
- Sim Senhor é baseado em livro de Danny Wallace, um jornalista e produtor britânico que, durante 6 meses, respondeu sim a toda e qualquer questão ou proposta que lhe foi feita, anotando os resultados.

- Jack Black esteve cotado para ser o protagonista.

- Ao invés de receber seu salário habitual, Jim Carrey aceitou atuar em Sim Senhor recebendo uma quantia menor e uma participação nos lucros obtidos nas bilheterias.

- Não há créditos iniciais no filme.

- Foi o próprio Jim Carrey quem fez as cenas em que seu personagem salta de bungee jump.

- Quando o personagem Carl Allen está em uma videolocadora pode-se ver, ao fundo, cenas de outro filme estrelado por Jim Carrey, Número 23 (2007).





quinta-feira

A Era do Gelo 3





























Exibido: 16/07/09
Comentário:
Divertida continuação da Era do Gelo, só que em 3D. Não vi 3D mas me disseram que é muito divertido e vale a pena. Adorei a versão simples, gostoso de assistir.

Ficha Técnica
Título Original: Ice Age: Dawn of the Dinossaurs
Gênero: Animação
Tempo de Duração: 94 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 2009
Site Oficial: www.aeradogelo3.com.br
Estúdio: Blue Sky Studios
Distribuição: 20th Century Fox Film Corporation
Direção: Carlos Saldanha
Roteiro: Michael Berg, Peter Ackerman, Mike Reiss e Yoni Brenner, baseado em história de Jason Carter Eaton
Produção: John C. Donkin e Lori Forte
Música: John Powell
Direção de Arte: Mike Knapp
Edição: Harry Hitner


Elenco (Vozes)
John Leguizamo (Sid)
Tadeu Mello (Sid - versão brasileira)
Denis Leary (Diego)
Márcio Garcia (Diego - versão brasileira)
Ray Romano (Manny)
Diogo Vilela (Manny - versão brasileira)
Queen Latifah (Ellie)
Cláudia Jimenez (Ellie - versão brasileira)
Simon Pegg (Buck)
Alexandre Moreno (Buck - versão brasileira)
Seann William Scott (Crash)
Josh Peck (Eddie)
Crhis Wedge (Scrat)
Karen Disher (Scratte)
Joey King (Esquilo)



Sinopse
Manny (Ray Romano) e Ellie (Queen Latifah) estão à espera de seu primeiro filho. Sid (John Leguizamo) sequestra alguns ovos de dinossauro, o que faz com que passe a ter sua própria família adotiva. Só que o roubo faz com que se meta em apuros, obrigando Manny, Ellie e Diego (Denis Leary) a entrarem em um mundo subterrâneo para resgatá-lo.


Curiosidades
- Lançado também em formato 3D.

- Precedido por A Era do Gelo (2002) e A Era do Gelo 2 (2006).

- Este é o 2º filme da série dirigido por Carlos Saldanha. O anterior foi A Era do Gelo 2 (2006).

- O orçamento de A Era do Gelo 3 foi de US$ 90 milhões



Apenas uma Vez






















Exibido em: 16/07/09
Comentário:
Um filme cheio de lindas canções de amor. muitas vezes o filme parece um documentario por causa da forma que foi filmado. Apesar de não está romantica no momento, achei até que legal a história, bem realista. Mas só assistindo para entender esse meu comentário. Legal para se ver a dois ou sozinho.

Ficha Técnica
Título Original: Once
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 85 minutos
Ano de Lançamento (Irlanda): 2006
Site Oficial: www.foxsearchlight.com/once
Estúdio: Summit Entertainment / Samson Films / Radio Telefis Éireann / Bórd Scannán na hÉireann
Distribuição: Fox Searchlight Pictures / Imagem Filmes
Direção: John Carney
Roteiro: John Carney
Produção: Martina Niland
Música: Glen Hansard e Markéta Irglová
Fotografia: Tim Fleming
Desenho de Produção: Tamara Conboy
Direção de Arte: Riad Karin
Figurino: Tiziana Corvisieri
Edição: Paul Mullen


Elenco
Glen Hansard (Homem)
Markéta Inglová (Mulher)
Hugh Walsh (Timmy)
Geoff Minogue (Eamon)
Bill Hodnett (Pai do homem)
Danuse Ktrestova (Mãe da mulher)
Mal Whyte (Bill)
Niall Cleary (Bob)
Gerard Hendrick (Guitarrista)
Alastair Foley



Sinopse
Dublin, Irlanda. Um músico de rua (Glen Hansard) sente-se inseguro para apresentar suas próprias canções. Um dia ele encontra uma jovem mãe (Markéta Inglová), que tenta ainda se encontrar na cidade. Logo eles se aproximam e, ao reconhecer o talento um do outro, começam a ajudar-se mutuamente para que seus sonhos se tornem realidade.


Curiosidades
- O projeto de Apenas uma Vez nasceu em 2005, em um concerto do The Frames em Dublin. O diretor John Carney encomendou a Glen Hansard, líder da banda, a compor algumas canções para que, a partir delas, o roteiro fosse desenvolvido. Diversos encontros entre ambos ocorreram, resultando em 10 canções inéditas e um roteiro de 60 páginas.

- Inicialmente seria Cillian Murphy o intérprete do protagonista, mas ele posteriormente desistiu do personagem.

- As filmagens ocorreram em apenas 17 dias.

- O diretor e roteirista John Carney já fez parte do The Frames.

- O cantor Bob Dylan gostou tanto de Apenas uma Vez que convidou Glen Hansard e Markéta Irglová a fazerem o show de abertura em parte de sua turnê mundial.

- O orçamento de Apenas uma Vez foi de US$ 150 mil.

- Ganhou o Oscar de Melhor Canção Original ("Falling Slowly").




quarta-feira

Crepúsculo


























Exibido em: 23/05/09
Comentários:
Achei um filme fraco, principalmente do que se trata sobre vampiros. Mais para adolescente mesmo, mas não chegará a substituir o fenômeno Harry Potter. Mas como tem gosto para tudo.
Ficha Técnica
Título Original: Twilight
Gênero: Romance
Tempo de Duração: 122 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 2008
Site Oficial: www.twilightthemovie.com
Direção: Catherine Hardwicke
Roteiro: Melissa Rosenberg, baseado em livro de Stephenie Meyer
Produção: Wyck Godfrey, Greg Mooradian, Mark Morgan e Karen Rosenfelt
Música: Carter Burwell
Fotografia: Elliot Davis
Direção de Arte: Christopher Brown e Ian Phillips

Elenco
Kristen Stewart (Isabella "Bella" Swan)
Robert Pattinson (Edward Cullen)
Billy Burke (Charlie Swan)
Ashley Greene (Alice Cullen)
Nikki Reed (Rosalie Hale)
Jackson Rathbone (Jasper Hale)
Kellan Lutz (Emmett Cullen)
Peter Facinelli (Dr. Carlisle Cullen)
Cam Gigandet (James)
Taylor Lautner (Jacob Black)
Anna Kendrick (Jessica Stanley)
Michael Welch (Mike Newton)
Christian Serratos (Angela Weber)
Gil Birmingham (Billy Black)
Elizabeth Reaser (Esme Cullen)
Edi Gathegi (Laurent)
Rachelle Lefevre (Victoria)
Sarah Clarke (Renee Dwyer)
Ned Bellamy (Waylon Forge)
Gregory Tyree Boyce (Tyler Crowley)
Justin Chon (Eric Yorkie)
Matt Bushell (Phill Dwyer)
José Zúñiga (Sr. Molina)
Solomon Trimble (Sam Uley)
Catherine Grimme (Bella Swan - jovem)
Stephenie Meyer



Sinopse
Isabella Swan (Kristen Stewart) e seu pai, Charlie (Billy Burke), mudaram-se recentemente. No novo colégio ela logo conhece Edward Cullen (Robert Pattinson), um jovem admirado por todas as garotas locais e que mantém uma aura de mistério em torno de si. Eles aos poucos se apaixonam, mas Edward sabe que isto põe a vida de Isabella em risco.








segunda-feira

A Dona da História























Exibido em: 12/07/09
Comentários:
Um bom filme, uma história simples mas muito romantica. Claro que é mais para uma sessão da tarde.

Ficha Técnica
Título no Brasil: A Dona da História
Título Original: A Dona da História
País de Origem: Brasil
Gênero: Romance
Tempo de Duração: 84 minutos
Ano de Lançamento: 2004
Estréia no Brasil: 01/10/2004
Site Oficial:
Estúdio/Distrib.: Buena Vista
Direção: Daniel Filho

Elenco
Marieta Severo .... Carolina
Débora Falabella .... Carolina .... jovem
Antônio Fagundes .... Luiz Cláudio
Rodrigo Santoro .... Luiz Cláudio .... jovem
Paulo Barbosa
Dedina Bernardeli
Gabriel Braga Nunes
Clovis Bueno
Bianca Byington
Daniel de Oliveira .... Paulinho Oliveira
Antonio Fragoso
Manoel Francisco
Ana Furtado
Giulia Gam
Gilberto Hernández
Fernanda Lima .... Maria Helena
Carlos Loffler
Marcos Oliveira .... Nicolau
Henri Pagnoncelli
Charles Paraventi
Rodrigo Penna .... Nicolau .... jovem
José Carlos Pieri .... General Telles
Herbert Richers Jr. .... entrevistador
Renata Sorrah .... Maria Helena/Vivian Maia


Sinopse

Aos 55 anos de idade, Carolina (Marieta Severo) passa por uma crise pessoal. O casamento não vai bem, alguns sonhos da juventude não se realizaram e ela amarga o fato de não ter experimentado tudo que gostaria na vida. Revisitando seu passado, na década de 70 ela era uma jovem estudante (Débora Falabella) que se encantou pelo militante de esquerda Luís Cláudio (Rodrigo Santoro). A paixão fulminante terminou num pedido de casamento, e depois vieram os quatro filhos e o fantasma da rotina.
Fazendo um balanço de sua vida, Carolina tenta desvendar o que teria sido dela se tivesse tomado outros caminhos. Enquanto isso, o marido (Antonio Fagundes) tenta vender o apartamento da família para conhecer Cuba. Num encontro com o passado, ela se torna A Dona da História e imagina quantas possibilidades foram abertas e deixadas de lado para ela na euforia dos 18 e no desespero dos 55 anos de idade.























"A Troca" - EUA, 2008

Um filme simples, simples ao ponto de, nos primeiros 10 minutos você pensar que não vai agüentar chegar ao final, principalmente se deixar para assisti-lo de madrugada. Alias esse é um bom teste para você saber o quanto um filme é bom. Comece a vê-lo tarde da noite, quando se esta com mais sono, se o filme for bom o sono misteriosamente vai embora na primeira meia hora. E foi exatamente isso que aconteceu comigo

L.A. nos anos 20 vivia a chamada "Jazz Age", uma espécie de belle epoque da cidade. Para além disso, se avizinhava a famosa crise de 1929. É nesse contexto que a história é contada, mas incrivelmente você não lembra disso tudo durante o filme, o contexto é apenas o que ele deve ser, um pano de fundo. A história de uma mãe em busca do filho, contra uma polícia e poder público corruptos toma conta de todos os momentos, e mesmo se baseando em uma história real, aonde se corre o risco de um final previsível, a tensão se mantém tá o desfecho final.

Outro sentimento que pula à frente é a indignação, pelo menos para quem ainda tem o sangue quente. Por diversas vezes me peguei xingando este, ou torcendo para aquele personagem. Cena após cena se misturam a raiva por tudo que Christine Collins passou e a incredulidade por saber que aquilo tudo aconteceu mesmo.

Agelina Jolie se supera e mostra o para todo mundo o quanto vale a pena assistir seus filmes.

Mas, como nem tudo são flores..., perto do final o filme cai na tentação do justiceirismo, talvez um resquício da época de Cowboy de Clint Eastwood. Não que isso seja um problema para o conjunto da obra, mas bem que poderia ter ser evitado.

Calma, não desista ainda deste brilhante filme, logo após vem o final, e este... bom este eu não vou contar, digo apenas cuidado para não morder a gola da camisa e segure as lágrimas se você for sentimental. Só posso dizer que, é incrível, mas mesmo sendo previsível, o final é supreendente!
"Diego Rivera"










quinta-feira

Milk - A voz da Igualdade (Milk - EUA 2008)






















Agora tenho um colaborador para o cine. Que começa falando de Milk! Boa escolha.

Exibido em: 27/06/09
Milk - A voz da Igualdade (Milk - EUA 2008)

Se deixar-mos de lado a homofobia, e esse é o grande pré requisito para assistir este filme, podemos começar a compreender não só a "Batalha de Stonewall", que neste ano completa 40 anos, como todos os processos de lutas por direitos civis que marcaram a História recente dos EUA. Desde os Black Panthers, com Malcom X, passando por Marthin Luther King, até a luta dos homossexuais californianos com Harvey Milk.

Um filme brilhante, que passa por cima do preconceito quando escancara as portas da contra cultura gay de Los Angeles no final dos anos 60, e mesmo assim consegue não ser apelativo e nem melodramático como Brokeback Mountain(2005).

Finalmente um filme que não fala sobre os homossexuais e a sua fragilidade e sensibilidade, como Garotos não Choram(1999). Mas um filme que mostra a luta desta minoria extremamente martirizada por um lugar ao sol em uma sociedade radicalmente conservadora.

O filme mostra o que é obrigado a passar quem ousa pensar, viver, amar diferente, quando a grande maioria é ensinada a ser another brick in the wall. Harvey Milk, em vez de ser transformado em heroi, aparece com todas as suas contradições, erros e acertos, sendo ele o pano de fundo para Stonewall, e não o contrário.

Diversão com conteúdo garantida!

"Diego Rivera"

quarta-feira

Corrida Mortal (Death Race)
























Exibido em: 08/07/09
Comentário:
Puxa, esse filme realmente era o que esperava, muita ação e enredo bom. Gosto muito do Jason Statham e filmes assim e tinha me decepcionado com ele no Adrenalina 2. Mas o que vejo é, ele é um ator de ação, então vai depender mais do filme em si para que a gente goste ou não. Bom, esse eu gostei muito. Resolvi colocar os trailers dos filmes e esse será o primeiro que colocarei. Acredito que a pessoa veja o trailers e fique empolgado para ver o filme.


Ficha Técnica:
Título no Brasil: Corrida Mortal
Título Original: Death Race
País de Origem: EUA
Gênero: Ação
Tempo de Duração: 105 minutos
Ano de Lançamento: 2008
Estréia no Brasil: 17/10/2008
Site Oficial: http://www.deathracemovie.net
Estúdio/Distrib.: Paramount Pictures
Direção: Paul W.S. Anderson

Elenco:
Jason Statham ... Jensen Ames
Joan Allen ... Warden Hennessey
Ian McShane ... Coach
Tyrese Gibson ... Machine Gun Joe Mason
Natalie Martinez ... Elizabeth Case
Max Ryan ... Pachenko
Jacob Vargas ... Gunner
Jason Clarke ... Guard Ulrich
Frederick Koehler ... Lists
Justin Mader ... Travis Colt
Robert LaSardo ... Hector Grimm
Robin Shou ... 14K
Benz Antoine ... Joe's Navigator #1
Danny Blanco ... Joe's Navigator #2
Christian Paul ... Joe's Navigator #3
Janaya Stephens ... Suzy Ames
John Fallon ... Neo Nazi
Bruce McFee ... Old Timer
Cory Fantie ... Disgusted Worker
Russell Ferrier ... Angry Worker
Anna-Marie Frances Lea ... Nasty Teller
Dan Jeannotte ... Hennessey Tech
David Carradine ... Frankenstein (voz)
Marcello Bezina ... Policeman #1
Melantha Blackthorne ... Pachenko's Navigator
Lydie Bounay ... BMW Navigator
Ruth Chiang ... 14K's Navigator
Carolyn Day ... Colt's Navigator
Marie France Denoncourt ... Trans Am #2 Navigator
Jere Gillis ... Policeman #2
Nathalie Girard ... Boattail Navigator
Ed O'Neill ... Factory Worker
Sharlene Royer ... Grimm's Navigator

Sinopse:

O clássico Corrida Mortal - Ano 2000 acaba de ganhar nova vida pelas lentes de Paul Anderson. Após um colapso na economia americana os presídios passam a ser controlados por grandes coorporações que exploram transmissões em pay-per-view de um evento chamado Corrida Mortal, um tipo de corrida de carros onde vale todo o tipo de trapaça e as máquinas são equipadas com armas pesadas e os pilotos lutam para vencer a corrida e manter-se vivos. Jensen Ames acaba de ser preso e é convencido pela diretoria do presídio a tomar parte nesta corrida. Se vencer ele estará livre. Com uma turma disposta a vencer, Jensen fará qualquer coisa para ficar livre das grades.




terça-feira

A primeira indicação do Cinema na Lata na Blogosfera















Puxa, não tem como descrever minha felicidade em receber um selo chamado “Blog de Ouro”, indicado por outro blogueiro. O Cara da Locadora. Quando criei o blog do Cinema na Lata era para postar sobre os filmes que eram sorteados nas nossas sessões. Mas amigos se mudaram de estado e o grupo acabou. Mas resolvi continuar com blog e postar filmes que vejo só ou com amigos, no cinema ou em casa. Enfim, o que importa é que valeu mesmo a pena continuar com o blog, como um ex. cine na lata falou para mim ao saber do ocorrido. "Fazendo o que se gosta o reconhecimento vem naturalmente". Agradeço mesmo aos amigos, aos visitantes do blog que deixam comentários que faço questão sempre de agradecer e principalmente ao Nespoli do O Cara da Locadora que indicou o Cine. Agora tenho que citar as regras que temos que seguir ao receber a indicação:

1) Exibir a imagem do selo;
2) Postar o link do blog que te indicou;
3) Indicar 4 blogs de sua preferência;
4) Avisar os seus indicados;
5) Publicar as regras;
6) Conferir se os blogs indicados repassaram o selo e as regras.

Agora vou indicar 4 blogs que acho que merecem o selo.


* Cinema - Filmes e Seriados

* Os Filmes

* Polaróides Críticas

* Hollywoodiano


Um grande abraço

segunda-feira

O Exterminador do Futuro - A Salvação

























Exibido em: 06/07/09
Comentários:
Adorei o filme, qualidade igual dos dois primeiros filmes. Palmas para a participação mesmo que com tecnologia do Arnold Schwarzenegger. Christian Bale está ótimo como John Connor, aliais ele anda podendo. Como Batman ele também merece mérito. Aplaudo de pé e sei que muitos fãs concordam comigo.


Ficha Técnica
Título Original: Terminator Salvation
Gênero: Ficção Científica
Tempo de Duração: 115 minutos
Ano de Lançamento (EUA / Inglaterra / Alemanha): 2009
Site Oficial: www.oexterminadordofuturo.com.br
Distribuição: Warner Bros. Pictures / Sony Pictures Entertainment
Direção: McG
Roteiro: John D. Brancato e Michael Ferris
Produção: Derek Anderson, Moritz Borman, Victor Kubicek e Jeffrey Silver



Elenco
Christian Bale (John Connor)
Sam Worthington (Marcus Wright)
Moon Bloodgood (Blair Williams)
Helena Bonham Carter (Dra. Serena Kogan)
Anton Yelchin (Kyle Reese)
Jadagrace (Star)
Bryce Dallas Howard (Kate Connor)
Common (Barnes)
Jane Alexander (Virginia)
Michael Ironside (General Ashdown)
Ivan G'Vera (General Losenko)
Chris Browning (Morrison)
Dorian Nkono (David)
Beth Bailey (Lisa)
Victor J. Ho (Mark)
Buster Reeves (Tunney)
Kevin Wiggins (General Olsen)
Terry Crews (Capitão Jericho)
Roland Kickinger (T-800)



Sinopse
2018. John Connor (Christian Bale) é designado para liderar a resistência humana ao domínio das máquinas, coordenadas pela Skynet e seu exército de exterminadores. Um dia surge Marcus Wright (Sam Worthington), cuja última memória que possui é de estar no corredor da morte. Connor precisa descobrir se Wright foi enviado do futuro ou resgatado do passado, ao mesmo tempo em que a Skynet prepara seu ataque definitivo.

Curiosidades
- No início de 2008 Paul Haggis foi contratado para reescrever o roteiro. Após o término do trabalho, três semanas antes do início das filmagens, Shawn Ryan foi contratado para reescrevê-lo. Posteriormente Anthony E. Zuiker e Jonathan Nolan foram também contratados para o mesmo serviço.

- Claire Danes foi convidada a reprisar a personagem Kate Brewster, mas recusou o papel.

- Josh Brolin foi convidado para interpretar o personagem Marcus Wright, mas o recusou.

- Tilda Swinton deixou o elenco pouco antes do início das filmagens. Em seu lugar foi contratada Helena Bonham Carter, que rodou todas as suas cenas em apenas 10 dias.

- Charlotte Gainsburg foi convidada a atuar no filme, mas teve que deixar o projeto devido a conflitos de agenda. Em seu lugar foi contratada Bryce Dallas Howard.

- Christian Bale é o 7º ator a interpretar o personagem John Connor. Em O Exterminador do Futuro 2 (1991) Michael Edwards o interpretou quando adulto, Edward Furlong quando adolescente e Dalton Abbott quando criança. Nick Stahl o interpretou em O Exterminador do Futuro 3 - A Rebelião das Máquinas (2003). Thomas Dekker interpretou Connor na série de TV "Terminator: The Sarah Connor Chronicles" (2008), com John DeVito interpretando uma versão mais jovem em um flashback.

- A face de Arnold Schwarzenegger foi incluída digitalmente no corpo de Roland Kickinger, para uma rápida aparição do personagem T-800.

- É o 1º filme da série O Exterminador do Futuro a não ter o ator Earl Boen no elenco. Nos demais filmes ele interpretou o Dr. Peter Silberman.

- O diretor McG pediu ao elenco que lesse os livros "The Road", de Cormac McCarthy, e "Do Androids Dream of Electric Sheep?", de Philip K. Dick. O objetivo era que fosse melhor compreendida a desolação da realidade retratada no filme.

- É o 1º filme da série em que John Connor e seu pai Kyle Reese aparecem juntos.

- As filmagens ocorreram entre 5 de abril e 22 de agosto de 2008.

- Durante as filmagens, no verão americano de 2008, Christian Bale teve uma áspera discussão com o diretor de fotografia Shane Hurlbut. A causa foi que Hurlbut estava ajustando a luz ao fundo quando Bale atuava em uma cena intensa, desconcentrando-o. Os gritos e xingamentos de Bale vazaram na internet, que depois pediu desculpas públicas pelo ocorrido.

- Precedido por O Exterminador do Futuro (1984), O Exterminador do Futuro 2 (1991) e O Exterminador do Futuro 3 - A Rebelião das Máquinas (2003).

- O orçamento de O Exterminador do Futuro - A Salvação foi de US$ 200 milhões.

quinta-feira

Conduta de Risco























Exibido em: 02/06/09
Comentários:
Bom filme, tudo gira em torno do Michael Clayton, personagem de George Clooney que está muito bem no filme. Para quem gosta de filme com reviravoltas e jogos psicologicos.

Ficha Técnica
Título Original: Michael Clayton
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 119 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 2007
Direção: Tony Gilroy
Roteiro: Tony Gilroy
Produção: Jennifer Fox, Kerry Orent, Sydney Pollack e Steve Samuels


Elenco
George Clooney (Michael Clayton)
Tom Wilkinson (Arthur Edens)
Sydney Pollack (Marty Bach)
Michael O'Keefe (Barry Grissom)
Tilda Swinton (Karen Crowder)
Dennis O'Hare (Sr. Greer)
Julie White (Sra. Greer)
Austin Williams (Henry Clayton)
Jennifer Van Dyck (Ivy)
Frank Wood (Gerald)
Bill Raymond (Gabe Zabel)
Sharon Washington (Pam)
Ken Howard (Don Jefferies)
Rachel Black (Maude)
Christopher Mann (Tenente Elston)
Cynthia Mace (Wendy - voz)
Michael Countryman (Evan - voz)
Jonathan Walker (Del - voz)
Thomas McCarthy (Walter - voz)
Danielle Skraastad (Bridget Klein - voz)
Wai Chan (Traficante chinês)



Sinopse
Michael Clayton (George Clooney) trabalha numa das maiores firmas de advocacia de Nova York, tendo por função limpar os nomes e os erros de seus clientes. Tendo trabalhado anteriormente como promotor de justiça e vindo de uma família de policiais, Clayton é o responsável por realizar o serviço sujo da firma Kenner, Bach & Ledeen, que tem Marty Bach (Sydney Pollack) como um de seus fundadores. Apesar de estar cansado e infeliz com o trabalho, Clayton não tem como deixar o emprego, já que o vício no jogo, seu divórcio e o fracasso em um negócio arriscado o deixaram repleto de dívidas. Quando Arthur Evans (Tom Wilkinson), o principal advogado da empresa, sofre um colapso e tenta sabotar todos os casos da U/North, uma empresa que é cliente da Kenner, Bach & Ledeen, Clayton é enviado para solucionar o problema. É quando ele nota a pessoa em que se tornou.

ABC do Amor























Exibido em: 01/06/09
Comentários:
Linda história do primeiro amor, e contada pela visão masculina. Entendi muitas coisas... Achei o otimo filme para se ver a dois, melhor porque não é meloso.
Faz a gente pensar nos nossos momentos amorosos na infancia e como enxergavamos a vida com mais inocencia.

Ficha Técnica
Título Original: Little Manhattan
Gênero: Comédia Romântica
Tempo de Duração: 84 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 2005
Estúdio: New Regency Pictures / Epsilon Motion Pictures / Pariah
Distribuição: 20th Century Fox Film Corporation / Warner Bros.
Direção: Mark Levin
Roteiro: Jennifer Flackett
Produção: Gavin Polone


Elenco
Josh Hutcherson (Gabe Burton)
Charlie Ray (Rosemary Telesco)
Bradley Whitford (Adam Burton)
Cynthia Nixon (Leslie Burton)
Willie Garson (Ralph)
Tonye Patano (Birdie)
J. Kyle Manzay (Master Coles)
Josh Pais (Ronny)
Josh Dossett (Mickey Telesco)
Talia Balsam (Jackie Telesco)
Jonah Meyerson (Sam)
Michael Bush (Max)
Brian W. Aguiar (Jacob)
Nick Cubbler (Daryl Kitzens)



Sinopse
Gabe Burton (Josh Hutscherson) é um garoto de 10 anos, que cursa a 5ª série e mora com seus pais, Adam (Bradley Whitford) e Leslie (Cynthia Nixon), em Manhattan. Os pais de Gabe estão separados há um ano e meio, mas ainda moram juntos. Gabe é feliz se divertindo com seus amigos, seja jogando basquete na escola ou andando com sua pequena moto pela vizinhança, sem se interessar em momento algum por garotas. Porém a situação muda quando ele começa a ter aulas de caratê, onde passa a praticar com Rosemary Telesco (Charlie Ray), uma amiga de infância. Gabe se apaixona por Rosemary, mas não consegue entender os novos sentimentos que agora possui. Em meio às confusões que sente, ele descobre que Rosemary está prestes a partir para um acampamento de verão e que pode ser transferida para outra escola. É quando Gabe decide deixar a indecisão de lado e lutar para ficar próximo do seu primeiro amor.